Corpo perfeito

16:32

Oi lindezas, tudo bem com vocês? Saudade de escrever aqui – mas como o blog fez um ano, resolvi dar um up no layout e fiquei dias e dias até mudar aqui rs.

Enfim, há dias tenho notado as muitas polêmicas que estão rolando no instagram, em blogs e perfis fitness e acho que toda manifestação é válida.

Um adendo - Sempre fui magra e nunca me preocupei com comida ou exercícios físicos, mas desde sempre tento praticar atividades, até porque, na infância eu tinha Sopro, então eu precisava de um exercício, pra melhorar a situação.
Quando eu era mais novinha eu adorava praticar exercícios, aliás, até no ano passado eu adorava, e confesso que agora morro de preguiça de ir pra academia (só vou feliz pra aula de Ballness) hahaha..

Mas o que acontece no momento é algo um tanto quanto complicado, é moda ter o abdômen bonito, definido, NEGATIVO, é tendência postar fotos treinando, fotos da pouquíssima comida do prato, fotos do dia do lixo, do Detox..

Domingo a noite uma foto da Gisele Bundchen se espalhou pelo instagram com diversos comentários do tipo “Ta aí o motivo de não comer pizza agora a noite..” “Vou tomar um shake mesmo!”

Não posso negar que também queria que meu abdômen além de magrinho fosse definido, mas tenho preguiça, sim, preguiça de ficar treinando loucamente pra defini-lo, também queria não saber o que é celulite, mas mais uma vez a preguiça não me deixa hahaha..

Mas o que me preocupa, são as pessoas que não conseguem atingir esse objetivo, por algum problema de saúde, falta de tempo, de condição financeira, e ficam se sentindo o erradas ou pior, aquelas que em busca do corpo perfeito, acabam esquecendo de viver.. Será que é mesmo tão importante assim ter aquela barriga chapada e aquele bumbum durinho e não poder dar uma escapadinha na hora que dá vontade? Será que gente magra é mais feliz do que gente gorda?

Sou super a favor da vida saudável, de tentar manter uma boa alimentação, de um peso que não gere problemas de saúde, da procura incansável pelo bem-estar – BEM-ESTAR que pra mim, é olhar no espelho e ficar feliz com o que vejo – mas não apoio quem se priva de um sorvete com as amigas, porque vai sair da dieta..




 

Acho que falta um pouco de equilíbrio nas coisas, e você, o que acha?

You Might Also Like

2 comentários

  1. Oi Bruna, nossa concordo totalmente com isso. Eu sigo muitas páginas de dieta, exercícios físicos no face e a cada dia tenho me decepcionado com as pessoas. Me decepciono pelos comentários principalmente, porque muita gente que vive (ou não vive, porque as vezes acho que esse povo não tem vida) nas academias e proteína pra cá, suplemento pra lá, sempre estão humilhando aqueles que não podem ou não querem seguir o mesmo caminho. Gosto muito das motivações que encontro nessas páginas e acho que só. Acho que temos que nos amar e se não tá feliz com o corpo, muda, mas não critica os outros. Assim, como aqueles que não querem seguir uma dieta também não pode criticar aqueles que querem. É como você falou, tentar buscar um equilíbrio pras coisas. Hoje, depois de mudar minha vida faço exercícios sempre, mas se não to afim naquele dia, não vou me martirizar por não ter feito, faço escolhas na alimentação melhores, mas se comer um doce ou um salgado mais calórico tenho certeza que não vai mudar minha vida. O importante é ser feliz, ter saúde pra viver a vida com muito prazer e deixar que os outros pensem o que quiser. Tenho gordurinhas sim, tenho celulite, estria, flacidez, e aí? Todo mundo tem e se não tem problema é o seu, porque eu to bem assim. hehehe
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pri, primeiro de tudo - desculpa a demora!! Adoro ler seus comentários, são sempre bem fundamentados e super válidos. Dá animo de escrever, sabendo que tem gente como você que lê!

      Concordo com tudo isso que você disse, e to junto.. hahaha! Faço exercicios, tento comer bem, mas uma escapadinha não mata ninguém, felicidade tá acima de tudo!!
      Beijossssss

      Excluir